Viagem à Hollywood com a Orquestra de Câmara de Ouro Branco

Publicado
16 de Out
2013

A agenda de concertos da Casa de Música no mês de outubro tem outra atração. No dia 20, domingo, às 20h, a Orquestra de Câmara de Ouro Branco apresenta um repertório dedicado ao cinema no Sindicato dos Metalúrgicos de Ouro Branco.

As trilhas sonoras nos fazem lembrar momentos marcantes de filmes. O que  seria da famosa cena do chuveiro de Psicose, de  Alfred Hitchcock, sem o som dos violinos misturados ao das facadas? Impossível pensar no casal formado por Humphrey Bogart e Ingrid Bergman em Casablanca e não ouvir ao fundo Sam cantando As Time Goes Bye.Sem falar das composições de Enio Morricone, John Willians, Henry Mancini e dosstandars do jazz característicos das produções de Woody Allen. Mesmo no século XIX, as películas mudas eram exibidas com acompanhamento de orquestras ou pianos.

 E as trilhas que são dos filmes, muitas vezes passam a  ser  da nossa vida. Por isso, a Casa de Música de Ouro Branco montou o repertório “Viagem à Hollywood”, que reúne músicas de vários sucessos da sétima arte. No programa estão os temas de filmes  e desenhos de diferentes tempos.

Com regência de Charles Roussin, os músicos da Orquestra de Câmara de Ouro Branco levam o público a um passeio pelos gêneros: o drama (A Lista de Schindler), a comédia (A Pantera Cor de Rosa), a aventura (Jornada nas EstrelasDe Volta para o FuturoPiratas do Caribe e Missão Impossível), o romance (Um Linda Mulher e Titanic), além de outros.

 Deixe suas ideias fluírem, que venham as lembranças. Seja nosso companheiro de viagem nesta noite! 

A Casa de Música tem patrocínio da Gerdau (Lei Estadual de Incentivo à Cultura), Milplan, Elba e Sodexo (Lei Rouanet).

Serviço:

Concerto “Viagem à Hollywood”

Orquestra de Câmara de Ouro Branco

Regência: Charles Roussin

Quando: 20 de outubro de 2013

Onde: Sindicato dos Metalúrgicos de Ouro Branco

(avenida Patriótica, 1080 – bairro Siderurgia)

Acordeonista alemão Stefan Hussong se apresenta em Ouro Branco

Publicado
27 de Set
2013

Acordeonista alemão Stefan Hussong se apresenta em Ouro Branco
Músico realiza concerto na cidade mineira dia 27 de setembro,
às 20h, com entrada gratuita
As atividades da Casa de Música seguem com intensidade no segundo semestre de 2013. No dia 27 de setembro,  sexta-feira, às 20h, no auditório do Hotel Verdes Mares, a série “Concertos para Ouro Branco” recebe o acordeonista alemão Stefan Hussong.
O público, acostumado ao som do acordeom em ritmos brasileiros, terá a chance de apreciar um repertório especial. “A vinda de músicos de outros países é importante porque proporciona um intercâmbio cultural. Além disso, temos a chance de conhecer o trabalho de artistas consagrados internacionalmente, como o Hussong”, declara Kênia Libânio, coordenadora da Casa de Música.
Nascido em Koellerbach, Hussong já se apresentou como solista à frente de grupos como Orchestre de la Suisse Romande, Musikfabrik Nordrhein-Westfalen, Ensemble Intercontemporain, Ensemble Modern, Klangforum Wien, Rundfunk Symphonieorchester Saarbruecken e Tokyo Shin Nippon Philharmonic Orchestra.
Recebeu diversos prêmios e bolsas de estudo, inclusive o Echo Classic Prize of the German Phonoacademy na categoria de Melhor Intérprete de 1999. Nesse mesmo ano, seu CD solo publicado pela DENON com obras de John Cage ganhou o prêmio de Melhor Gravação. Hussong estreou mais de 80 obras dedicadas a ele e já gravou mais de 25 discos.
Atualmente é professor de acordeom e música de câmara no Musikhochschule Würzburg.
Para o concerto de Ouro Branco, ele selecionou peças como Capriccio di Durezze, do italiano Girolamo Frescobaldi e Dream, do americano John Cage, representante das vanguardas artísticas do século XX, pioneiro da música aleatória e da música eletroacústica. Um dos pontos altos do programa são as obras de J.S. Bach e as sonatas do espanhol Padre Antonio Soler.
A Casa de Música tem patrocínio da Gerdau (Lei Estadual de Incentivo à Cultura), Milplan, Elba e Sodexo (Lei Rouanet).
A entrada do concerto é gratuita. 
SERVIÇO 
Série de Concertos para Ouro Branco
Stefan Hussong
Quando: 27 de setembro, sexta-feira, às 20h
Onde: Hotel Verdes Mares (r. Santo Antônio, 115 – Ouro Branco)
Entrada gratuita
Série de Concertos para Ouro Branco
A série Concertos para Ouro Branco foi criada em 2004 e tem como principais finalidades a formação de público e a consolidação de um calendário cultural para a cidade de Ouro Branco.
As apresentações são realizadas por músicos e grupos de câmaras reconhecidos no cenário nacional e internacional da música erudita. A intenção é que a série atinja cada vez uma nova parcela da população da cidade, aumentando, assim, a ampliação do acesso à cultura. Por meio dos concertos, o público tem a oportunidade de conhecer as várias possibilidades de formação de grupos de câmara e repertórios da música erudita. Todos os concertos têm entrada gratuita.
Casa de Música de Ouro Branco
A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos.
Mais informações: www.casademusica.org

Novidades! 9ª Semana da Música de Ouro Branco

Publicado
20 de Jun
2013

Você ainda pode participar! As inscrições foram prorrogadas até segunda-feira, 24 de junho e duas novas oficinas foram incluídas: fagote e trompa

Novidades na 9ª Semana da Música de Ouro Branco

Quem ainda não se inscreveu para participar do festival tem mais uma chance! O prazo das inscrições foi prorrogado até o dia 24 de junho, segunda-feira.

Outra novidade é que duas novas oficinas foram incluídas: fagote, com Romeu Rabelo e trompa, com Gustavo Garcia Trindade. São seis vagas destinadas para cada uma delas.

Romeu Rabelo é graduado e mestre em performance pela UFMG, onde atualmente é professor. Fagotista e contrafagotista da OSESP, atua também como convidado das Orquestras Filarmônica e Sinfônica de Minas Gerais. Foi solista da OSMG, Orquestra de Ouro Branco, Orquestra de Câmara SESIMINAS e Orquestra do Festival de Música de Santa Catarina. Leciona no projeto NEOJIBA- Bahia e no Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga de Juiz de Fora. Integra o quarteto de Fagotes da OSESP e o Trio "Madeiras".

Gustavo Garcia Trindade iniciou seus estudos de trompa no CEFAR e graduou-se na UEMG. Foi vencedor, em 2001, do Concurso Jovens Solistas realizado pela UFMG. Em 2002 venceu o 1° Concurso Nacional Eleazar de Carvalho na modalidade metais. Integrou a Orquestra Sinfônica Nacional e a Orquestra Petrobrás Sinfônica. Atualmente é assistente de chefe de naipe na Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. Integra vários grupos e participa frequentemente de master classe e festivais de música com renomados professores.

A seleção será no dia 26 do mesmo mês. Mais informações sobre como participar no site www.semanadamusica.com

Semana da Música

A Semana da Música é uma realização da Casa de Música de Ouro Branco e conta com recursos do Fundo Estadual de Cultura e da Cemig. O festival internacional é realizado anualmente. Os olhos de todo o cenário musical do Brasil e do mundo se voltam para a cidade do interior de Minas, que tem pouco mais de 30 mil habitantes. Música é o que se escuta nos quatro cantos do município: nas praças, nos colégios, no supermercado, nos centros sociais e culturais.

Casa de Música de Ouro Branco

A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos.

9ª Semana da Música de Ouro Branco

Publicado
22 de Mai
2013

Estão abertas as inscrições para a 9ª Semana da Música de Ouro Branco

Festival internacional realiza oficinas com alguns dos nomes mais importantes da música erudita. Interessados podem se inscrever de 22 de maio a 16 de junho

Músicos e estudantes de todo Brasil podem tomar nota: estão abertas, de 22 de maio a 16 de junho, as inscrições para 9ª Semana da Música de Ouro branco. O evento, um dos festivais de música erudita mais conceituados de Minas, será realizado de 20 a 27 de julho.

Para efetuar a inscrição, o candidato deve acessar o site www.semanadamusica.com e seguir as instruções. Ao todo são 250 vagas em diversos cursos.

A lista com os selecionados será divulgada dia 21 de junho.

Já confirmaram presença os seguintes professores:Violinos: Theodora Geraets (Holanda), Marcello Guerchfeld (RS) e Elias Martins (BH); viola: Kenneth Martinson (USA); violoncelo: Matias de Oliveira Pinto (Alemanha); contrabaixo: Volkan Orhon(USA), Violão: José Antônio Escobar (Chile); piano: Flávio Augusto (RJ) e Viviane Taliberti (Uberlândia). Para o núcleo Ouro Branco: Orquestra e violino Suzuki: José Ademar Rocha; grupo de violões: Leonardo Amorin; musicalização: Edla Lobão Lacerda.

A Semana da Música é uma realização da Casa de Música de Ouro Branco e conta com recursos do Fundo Estadual de Cultura. O festival internacional é realizado anualmente. Os olhos de todo o cenário musical do Brasil e do mundo se voltam para a cidade do interior de Minas, que tem pouco mais de 30 mil habitantes. Música é o que se escuta nos quatro cantos do município: nas praças, nos colégios, no supermercado, nos centros sociais e culturais.

Casa de Música de Ouro Branco

A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos.

Outras informações no site do evento ou na página www.semanadamusica.com;

Orquestra de Câmara de Ouro Branco abre a Serie de Concertos 2013

Publicado
10 de Mai
2013

 

Orquestra de Câmara de Ouro Branco realiza concerto e tem jovem oboísta como convidado

Com apenas 12 anos, Giovanni Martins se apresenta com o grupo dias 14 e 17 de maio em Ouro Branco

A Orquestra de Câmara de Ouro Branco tem dois concertos agendados para os próximos dias. Na terça-feira, 14 de maio, o grupo se apresenta às 20h, na Loja Maçônica Estrela de Ouro Branco. Já na sexta-feira, 17 de maio, o público pode apreciar a boa música no auditório do Hotel Verdes Mares, também às 20h.

Em ambas apresentações, a orquestra abre a noite com Concerto para oboé no. 2, de G.F. Handel. O solo fica por conta do oboísta Giovanni Martins, de apenas 12 anos. Aplaudido pela comunidade musical e pelos críticos, o jovem instrumentista é de Ouro Branco e foi na Casa de Música que ele desenvolveu o dom que agora ecoa nos principais palcos de Minas. Giovanni iniciou os estudos aos sete anos e é o retrato fiel  do trabalho que a entidade realiza há mais de uma década no interior do Estado e que continua com total intensidade em 2013: a difusão da cultura e do ensino musical.

Em seguida, o repertório traz Sinfonia no. 1, de William Boyce, compositor barroco inglês. O próximo número é Eine Kleine Nachtmusik, de W.A. Mozart, pequena serenata escrita em 1787 e uma das obras mais executadas do gênio austríaco. O encerramento do concerto será com St. Paul’s Suite, de Gustav Holst.

A entrada para os concertos é gratuita.

Orquestra de Câmara de Ouro Branco

Criada em 2001, a Orquestra de Câmara de Ouro Branco é formada por cerca de 20 alunos das oficinas de instrumentos da Casa de Música de Ouro Branco. Desde então, vem realizando diversos concertos em Ouro Branco e nas cidades da Estrada Real, dentro do Projeto Circuito Cultural, com o patrocínio da Gerdau, por meio das Leis Federal e Estadual de Incentivo à Cultura.

Um dos objetivos da Orquestra jovem é valorizar e incentivar a composição contemporânea de música erudita. Em 2005, a Orquestra estreou as primeiras obras comissionadas, escritas pelos compositores Calimério Soares, Carlos Alberto Pinto Fonseca, Ernani Aguiar, Ronaldo Cadeu e Oiliam Lanna. Em 2007, outras três obras foram estreadas. As obras foram compostas por Rufo Herrera, Avelar Jr. e Nelson Salomé. A Orquestra de Câmara de Ouro Branco tem como regente titular o Maestro Charles Roussin.

Casa de Música de Ouro Branco

A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos. . O projeto conta com o patrocínio da Gerdau através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, Milplan e Elba Equipamentos e Serviços Através da Lei Federal de Incentivo à Cultura-Lei Rouanet.

Mais informações: www.casademusica.org

Serviço

Concertos da Orquestra de Câmara de Ouro Branco

14 de maio – terça-feira

Horário: 20h

Local: Loja Maçônica Estrela de Ouro Branco

17 de maio – sexta-feira

Horário: 20h

Local:  Auditório do Hotel Verdes Mares (r. Santo Antônio, 115)

PROGRAMA

G. F. Handel  Concerto para oboé no. 2, em Sib Maior, HWV 302ª

I – Vivace

II – Fuga: Allegro

III – Andante

IV – Allegro

Oboe: Giovani Martins

William Boyce   Sinfonia no. 1, em Sib maior

I – Allegro

II – Moderato e dolce

III – Allegro

W. A. Mozart   Eine Kleine Nachtmusik, K. 525

I – Allegro

II – Romanze

III – Menuetto

IV - Rondeau: Allegro

Gustav Holst   St. Paul’s Suite

I – Jig

II – Ostinato

III – Intermezzo

IV – Finale (The Dargason)

Série “Concertos para Ouro Branco” recebe a atração internacional Emsland Ensemble

Publicado
30 de Abr
2013

Série “Concertos para Ouro Branco” recebe a atração internacional Emsland Ensemble

Com o violoncelista Matias de Oliveira Pinto como convidado, um dos principais conjuntos de câmara da atualidade se apresenta dia 9 de maio, com entrada gratuita

O interior de Minas Gerais tem a oportunidade de apreciar a música do grupo alemão Emsland Ensemble, dia 9 de maio, às 20h, no Hotel Verdes Mares, como parte da série “Concertos para Ouro Branco”. O conjunto é reconhecido pela escolha de repertório, que inclui obras de épocas diversas, e também pela interpretação arrojada.

Além de se apresentar regularmente na Alemanha, o Emsland Ensemble faz extensas turnês internacionais e participa de diversos festivais. A formação do grupo não segue um modelo fixo: pode variar de um quarteto de cordas a uma sinfonietta. No concerto de Ouro Branco, o violoncelista consagrado internacionalmente Matias de Oliveira Pinto é o convidado do conjunto.

O Emsland Ensemble também dá ênfase ao trabalho didático, o que vem de encontro aos objetivos da Casa de Música, que promove a cultura por meio do ensino musical há 10 anos.  O grupo alemão faz questão de passar sua experiência a jovens músicos, tanto em workshops e Master Classes como com a fundação da Ems Dollart Philharmonie, uma Orquestra Jovem alemã e holandesa.

Para o concerto de Ouro Branco, os músicos incluíram peças de Georges Onslow (1784-1853) e Franz Schubert (1797-1828) no repertório. A entrada é gratuita. 

Série de Concertos para Ouro Branco

A série Concertos para Ouro Branco foi criada em 2004 e tem como principais finalidades a formação de público e a consolidação de um calendário cultural para a cidade de Ouro Branco.

As apresentações são realizadas por músicos e grupos de câmaras reconhecidos no cenário nacional e internacional da música erudita. A intenção é que a série atinja cada vez uma nova parcela da população da cidade, aumentando, assim, a ampliação do acesso à cultura.Por meio dos concertos, o público tem a oportunidade de conhecer as várias possibilidades de formação de grupos de câmara e repertórios da música erudita. Todos os concertos têm entrada gratuita.

SERVIÇO

Concerto Emsland Ensemble

Data: 9 de maio

Horário: 20h

Local: auditório do Hotel Verdes Mares (r. Santo Antônio, 115, Centro – Ouro Branco)

Entrada gratuita

Formação

Jeanine Thorpe, violino

Sergej Bolotny, violino

Boris Bardenhagen, viola

Olaf Nießing, violoncelo

Matias de Oliveira Pinto, violoncello

Programa

Georges Onslow (1784-1853)  Streichquintett a-moll op. 34

I - Allegro

II - Minuetto

III - Adagio espressivo

IV - Finale: Allegro non troppe presto

Franz Schubert (1797-1828)  Streichquintett C-Dur D 956

I - Allegro ma non troppo

II - Adagio

III - Presto – Trio: Andante sostenuto

IV - Allegretto

Matias de Oliveira Pinto

Nascido em São Paulo mora em Berlim, Alemanha, onde é professor de violoncelo nas universidades de Muenster e Berlim. Já se apresentou em inúmeros festivais internacionais. Solista e professor consagrado internacionalmente. Suas turnês o levaram para muitos paises da America Latina, aos EUA, por toda a Europa, Japão, Coréia, Austrália e Nova Zelândia. Gravou vários Cds, e muitos compositores importantes da atualidade ja lhe dedicaram obras.

Casa de Música de Ouro Branco

A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos. O projeto conta com patrocínio da Gerdau, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, Milplan e Elba Equipamentos e Serviços, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura- Lei Rouanet.

Mais informações no site www.casademusica.org

 

Cravo e violão abrem a série “Concertos para Ouro Branco”

Publicado
13 de Mar
2013

 

Cravo e violão abrem a série

“Concertos para Ouro Branco”

Antonio Carlos de Magalhães e Celso Faria se apresentam dia 25 de abril com repertório que traz obras do barroco mineiro e de compositores como Bach e Villa-Lobos

A Casa de Música inicia a série “Concertos para Ouro Branco” com uma apresentação que reúne dois expoentes da música erudita: o cravista Antônio Carlos de Magalhães e o violonista Celso Faria. O encontro reafirma a vocação da entidade de difundir a cultura, formar público e novos músicos. O concerto será dia 25 de abril, quinta feira, às 20h, no auditório do Hotel Verdes Mares.

A apresentação tem início com o cravo de Antônio Carlos de Magalhães.  Nascido em Belo Horizonte, o músico (que também é pianista) já participou de turnês pela Europa e gravou três discos solo: “Sabará”, “O Cravo e a Rosa” e “Fortepiano no Brasil do séc. XIX”. Para o concerto em Ouro Branco, Antônio Carlos selecionou um repertório com alguns dos principais compositores do barroco mineiro. Como mostrou a pesquisa pioneira de Francisco Curt Lange, no fim do século XVIII e no início do XIX, o movimento musical produziu algumas das principais obras da musica erudita brasileira. Entre elas estão peças como “Salve Regina” e “Tercio”, de José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita; “Sicut Cervus”, de Manuel Dias de Oliveira e “Tota Pulchra” (Antífona), de João de Deus de Castro Lobo, todas incluídas no programa que Magalhães apresenta no recital.

A segunda parte do concerto traz o violão de Celso Faria. Especialista em musica brasileira e mestre em Performance Musical pela Universidade Federal de Minas Gerais, Celso apresenta um repertório que se estende desde o período renascentista até o século XXI. O público terá a chance de apreciar composições como “Choros nº1”, de Heitor Villa-Lobos; “Prelúdio, BWV 995”, de J. Sebastian Bach e “Diferencias sobre ‘Guárdame las vacas’” , “Canción del Emperador” e “Baxa de Contrapunto”, do espanhol Luis de Narváez.

A entrada para o a apresentação é gratuita.

Série de Concertos para Ouro Branco

A série Concertos para Ouro Branco foi criada em 2004 e tem como principais finalidades a formação de público e a consolidação de um calendário cultural para a cidade de Ouro Branco.

As apresentações são realizadas por músicos e grupos de câmaras reconhecidos no cenário nacional e internacional da música erudita. A intenção é que a série atinja cada vez uma nova parcela da população da cidade, aumentando, assim, a ampliação do acesso à cultura. Por meio dos concertos, o público tem a oportunidade de conhecer as várias possibilidades de formação de grupos de câmara e repertórios da música erudita. Todos os concertos têm entrada gratuita.

SERVIÇO

Concerto de Cravo (Antônio Carlos de Magalhães) e Violão (Celso Faria)

Data: 25 de abril, quinta-feira

Horário: 20h

Local: auditório do Hotel Verdes Mares ( r. Santo Antônio, 115, Centro – Ouro Branco)

Entrada gratuita

Programa

Cravo

Anônimo (Séc. XVIII) – Acervo  Marcha dos Negros de Pamplona

da Lira Ceciliana de Prados

(Alleluya – Paschoa  )

Manuscrito de Piranga (Sec. XVIII)  Deus Deus Meus

Anônimo  Sonata 2ª (Sabará)

  Adágio

José Rodrigues Domingues de Meireles  Ó Lingua Benedicta

 

Caetano Rodrigues da Silva  Bajulans

 

João de Deus Castro Lobo  Tota Pulchra (Antífona)

Marcos Coelho Neto  Responsório Fúnebre

  I – Memento mei Deus

  II – Nec Aspiciat Me – Verso

  III – Kyrie

  IV – Resquiescat in Pace

Jerônimo de Souza    Salve Regina

(Antífona de Nossa Senhora)

  Francisco Gomes da Rocha  Marcha

 

  Manuel Dias de Oliveira  Sicut Cervus

José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita  Salve Regina

(Antífona de Nossa Senhora)

I - Larghetto

II - Allegro Larghetto

Tercio

I - Difusa est gratia

II - Padre Nosso/Ave Maria

III - Gloria Patri

Violão

Luis de  Narvaez    Diferencias sobre "Guárdame las vacas"

Canción del Emperador

Baxa de contrapunto

Johann Sebastian Bach    Prelúdio, BWV 995

Heitor Villa-Lobos  Choros nº1
Francisco Mignone  Lenda Sertaneja

Edino Krieger  Ritmata

Os músicos

Antônio Carlos de Magalhães

Pianista e cravista, nasceu em Belo Horizonte, estudou licenciatura em piano, na Escola de Música da UFMG. Bolsista do I Festival Internacional de Cravo em Porto (Portugal), é pós-graduado em práticas interpretativas em música brasileira pela Escola de Música da UEMG. Atualmente é diretor artístico do Programa Segunda Musical da Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais. Participou do Collegium Musicum de Minas (gravou 3 CDs) e do Camerata Athaide, com o qual realizou turnê nacional por 57 cidades no projeto Sonora Brasil – Sesc. Realizou e gravou o DVD da turnê “Antologia Musical nos Caminhos da Estrada Real”, Participou também da novela “Xica da Silva”, da Rede Manchete, e, por diversas vezes, do Programa Harmonia, da Rede Minas de Televisão. Realizou turnê solo em Portugal e em Colonia, Munique (Alemanha) e Viena (Áustria) com a saxofonista  Maria Bragança, com quem gravou o CD “Alma Barroca”; e turnê musical do CD "O cravo e a Rosa",  patrocinado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura de BeloHorizonte. Gravou 3 CDs solos:  “Sabará” , “O Cravo e a Rosa” e “Fortepiano no Brasil do séc. XIX” (Lei Rouanet) , participou dos CDs “Señora del Mundo”, “Origem” e “Ninguém morra de ciúme” do conjunto “Collegium Musicum de Minas”, além dos CDs “Alma Barroca” ,“A outra cidade” (Kristof Silva e outros), “Bigorna” (Cartoon) e  dos seguintes CDs de Celso Adolfo: "Celso Adolfo - Voz, violão e algumas dobras" e “Estrada Real de Villa Rica”.

Celso Faria

Nascido em Passos (MG) no ano de 1979, Celso Faria iniciou seus estudos musicais de maneira autodidata aos dez anos de idade. Em 1994 ingressou no “Curso de Formação Musical” da Escola de Música da UFMG, estudando na classe do professor José Lucena Vaz. Obteve o título de bacharel em violão na mesma instituição sob a orientação do professor Fernando Araújo. É especialista em Música Brasileira - Práticas Interpretativas - pela Universidade do Estado de Minas Gerais e Mestre em Performance Musical pela Universidade Federal de Minas Gerais. Celso Faria também foi aluno de Beto Davezac na Fundação de Educação Artística. Celso Faria obteve várias premiações e tem se apresentado nas mais importantes cidades brasileiras, seja como recitalista de violão solo, integrante em formações camerísticas ou ainda como solista orquestral. Gravou ao vivo o cd Romencero Gitano com o “Coro Madrigale” para selo independente e participou do cd “100 anos de Arthur Bosmans” pelo selo “Minas de Som”.

Casa de Música de Ouro Branco

A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos.

Mais informações no site www.casademusica.org

O Harmonia mostra cobertura completa da 8ª Semana de Música de Ouro Branco

Publicado
31 de Out
2012

 21/10/2012 - O Harmonia mostra cobertura completa da 8ª Semana de Música de Ouro Branco, evento que aconteceu no início do mês de outubro. Na seqüência, a apresentadora Patrícia Contaldi pega carona no tema, mostra matéria sobre as novidades deste ano e ainda destaca os 10 anos da Casa de Música de Ouro Branco.

Parte 1 -  http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=3FjF83dWPww
Parte 2 - continuação : http://youtu.be/Gq1_gleznv4

Página 17 de 19