Semana da Música de Ouro Branco completa 10 anos

Publicado
06 de Out
2014

Semana da Música de Ouro Branco completa 10 anos e divulga programação

Festival realizado de 10 a 16 de outubro conta com oficinas, recitais e concertos. Estudantes de música vindos de vários estados e outros países se reúnem no interior de Minas.

A Semana da Música de Ouro Branco completa dez anos em 2014 e já tem data marcada. A décima edição do festival, promovido pela Casa de Música, referência no ensino e difusão da música erudita, será realizada entre os dias 10 e 16 de outubro.

Além de concertos e recitais, a Semana da Música oferece oficinas com professores renomados. Este ano estão confirmadas as presenças de virtuoses como Theodora Geraets (violino), Renato Bandel (viola), Volkan Orhon (contrabaixo), Viviane Taliberti (piano), Hyu-Kyung  (violino), Eduardo Swerts (violoncelo), Risa Adachi (piano), maestro Charles Roussin, entre outros. Uma novidade é que, em 2014, o violoncelista Matias de Oliveira Pinto assume a direção artística do festival, que continua sob a coordenação de Kênia Libânio, com produção de Gustavo Farias

O festival recebe alunos não só de Minas Gerais, mas de diversos estados brasileiros e até mesmo de fora do Brasil. “Este ano virão para Ouro Branco 25 estudantes do Chile. A troca de experiências entre os alunos é um dos destaques da Semana da Música. Afinal, o intercâmbio de informações e conhecimentos contribui muito para o enriquecimento cultural”, ressalta Kênia Libânio.

Programação de concertos

10 de outubro de 2014 – Sexta-feira – 21h

Igreja Matriz de Santo Antônio

Concerto de Abertura da 10ª Semana da Música de Ouro Branco

Orquestra de Câmara de Ouro Branco

Alexandre Barros – Oboé

Giovanni Martins - Oboé

Gustavo Trindade – Trompa

Lucas Filho - Trompa

Charles Roussin – Regência

Programa

G. Ph. Telemann  Ouverture (Suite) em Fá Maior, TWV 55:F4

  I – Ouverture

  II – Rondeau

  III – Sarabande

  IV – Menuet

  V – Bourée

  Trompas: Gustavo Trindade e Lucas Filho

A. Vivaldi  Concerto para dois Oboés em Lá menor, RV 356

  I – (Allegro)

  II – Largo

  III – Allegro

  Oboés: Alexandre Barros e Giovanni Martins

W. A. Mozart    Sinfônia nº29, K. 201

  I – Allegro moderato

  II – Andante

  III – Menuetto

  IV – Allegro com spirito

11 de outubro de 2014 – Sábado – 21h

Igreja Matriz de Santo Antônio

Quarteto de Osorno (Chile)

Programa

F. Schubert  Quarteto de cordas nº 14 – A Morte e a Donzela

  I – Allegro

  II – Andante com moto

  III – Scherzo: Allegro molto

  IV – Presto

12 de outubro de 2014 – Domingo – 21h

Auditório do Hotel Verdes Mares

Concerto de professores da 10ª Semana da Música de Ouro Branco

Theodora Geraets e Hyu-Kyung Jung – Violino

Renato Bandel – Viola

Matias de Oliveira Pinto e Eduardo Swerts – Violoncelo

Volkan Ohron – Contrabaixo

Risa Adachi – Piano

 

Programa

W. A. Mozart    Quarteto para Piano em G menor, K. 478

  I – Allegro

  II – Andante

  III – Rondo

G. Bottesini  Duo Concertante para Violino e Contrabaixo

Nino Rota  Divertimento Concertante para Contrabaixo

13 de outubro de 2014 – Segunda-feira – 21:00

Auditório do Hotel Verdes Mares

Professores e alunos da 10ª Semana da Música de Ouro Branco

Viviane Taliberti, Ignácio González, Karen Villegas, Macarena Valladares – Piano

Daniela Fernández - Viola

Programa

W. A. Mozart  Sonata em Ré M, KV 381, para 4 mãos

I – Allegro

II – Andante

III - Allegro molto

S. Rachmaninoff  Romance em Lá M, para 6 mãos

J. W. Kalliwoda  Noturno op. 186 n° 5 para viola e piano

R. Schumann  Cenas do Oriente – 6 Improvisos op. 66 para 4 mãos

I – Lebhaft

II – Nicht schnell und sehr gesangvoll zu spielen

III – Im Volkston

IV – Nicht schnell

V – Lebhaft

VI – Reunig, andächtig

14 de outubro de 2014 – Terça-feira – 21:00

Auditório do Hotel Verdes Mares

Concerto de professores e Alunos da 10ª Semana da Música de Ouro Branco

Theodora Geraets – Violino

Renato Bandel – Viola

Matias de Oliveira Pinto – Violoncelo

Volkan Ohron – Contrabaixo

Viviane Taliberti - Piano

Programa

L. van Beethoven  Serenata em Ré Maior, op.8

  I – Marcia. Allegro – Adágio

  II – Menuetto – Allegretto

  III – Adagio

  IV – Allegretto alla polacca

  V – Tema con variazoni – Andante quase allegretto

R. Schumann    Phantasiestücke, op. 73

  I – Zart und mit Ausdruck

  II – Lebhaft, leicht

  III – Rasch und mit Feuer

J. Goltermann    Souvenirs de Belini

15 de outubro de 2014 – Quarta-feira – 21:00

Auditório do Hotel Verdes Mares

Concerto de professores e alunos da 10ª Semana da Música de Ouro Branco

Theodora Geraets e Hyu-Kyung Jung – Violino

Renato Bandel – Viola

Eduardo Swerts – Violoncelo

Alunos do Festival

Programa

F. Mendelssohn  Octeto em Mib Maior, op. 20

  I – Allegro moderato ma com fuoco

  II – Andante

  III – Scherzo

  IV – Presto

16 de outubro de 2014 – Quinta-feira – 21:00

Capela de Santana do Hotel Fazenda Pé do Morro

Orquestra de Câmara da 10ª Semana da Música de Ouro Branco

Matias de Oliveira Pinto – Violoncelo

Charles Roussin – Regência

Programa

G. Monn  Concerto para violoncelo em Sol menor

  I – Allegro

  II – Adagio

  III – Allegro non tanto

A. Dvorak  Serenata para Cordas op.22

  I – Moderato

  II – Menuetto – Allegro com moto

  III – Scherzo – Vivace

  IV – Larghetto

  V – Finale – Allegro Vivace

Locais de concertos

Igreja Matriz de Santo Antônio

(praça Santa Cruz s/n, Centro, Ouro Branco)

Hotel Verdes Mares

(rua Santo Antônio, 115, Ouro Branco)

Hotel Fazenda Pé do Morro

(Rodovia MG 129, Km 174, Ouro Branco)

Resultado seleção 10ª Semana da Música de Ouro Branco

Publicado
22 de Set
2014

10ª Semana da Música- Lista dos selecionados

Violino
Amaro Neto
Ana Laura Dominicci
Dhiego Roberto Lima
Felipe Alvarado
Henrique Rocha Ramos Ferreira
Isadora Furtado Sousa
Jessica Campelo Pedrassi
Larissa Silva Barbalho
Laura von Atzingen Santos Cardoso
Luiz Henrique Moreira Lima
Misael Dinis Barboza
Nathan Henrique do Amaral Oliveira
Pedro Junior da Silva Ramiro
Samira Vilaça Araújo
Sarah Fernandes Araújo de Souza
Tais da Silva Azevedo *
Tatiana Maria dos Santos Martins
Victória Del Pila Hidalgo Triviños
Lista de espera
Ana beatriz santos de Souza
Bruna Maia Muraro
Eldrey Passos de Abreu da Silva
Sun Altoé Pimenta
Vida Altoé Pimenta
Viola
Ana Luísa da Silva Ferreira
Beatriz Abigail Aguila Aguilar
Charliston Otávio Cruz
Daniela Belén Fernández Cáceres
Danilo Harlem Salustiano Brumana
Felipe Neves Guedes da Silva
Gabriel de Farias Dionísio
Iberê Carvalho Gomes
Isaac Emanuel Marinho Bacharel
Rafael Antonio Garrido Fuentes
Violoncelo
Alex Soares Sandes
Ana Paula Rocha Ferreira
André Alves dos Santos
André Diniz
Catalina Javiera Guerrero Barrientos
Diego Campos Alves
Diego Jose Coronado Riquelme
Fernando Nunes Pereira Rosa
Flávia Chagas Soares
Francisco Ignacio Fernandez Tapia
Francisco Javier Herrera Castillo
Gustavo Melo Vieira
Isabela Furtado Sousa
Karl Philipp Emanuel Figueroa Zúñiga
Macarena Araceli Vega Quiroga
Marcos da Conceição Rangel
Mateus da Conceição Rangel
Mónica Victoria Vargas Almonacid
Priscila Constanza Martínez Díaz
Thiago Henrique Moreira da Silva
Contrabaixo
Ana Carolina Lima de Almeida
Filipe Augusto Vieira da Costa
Gustavo Neves Teixeira
Hayane Gomes da Costa
Leonardo Bruno Veloso Aguiar de Assis
Leonardo Delgado Duarte
Livia Rodrigues Batista
Lorenzo de Oliveira Costa
Manoela Alves de Freitas Brito
Marcos Vinícius Rodrigues Tinoco da Silva
Natália Iza Teles Terra
Rebeca Tavares Furtado
Piano
Fernando Javier Carrera Sanchez
Helber Fernandes Ribeiro
Ignacio Francisco Gonzalez Valderrama
Jean Paul Harb Padilla
Juliana Gonçalves Marin
Karen Oriana Villegas Rogel
Macarena Andrea Valladares Arellano
Maria Luísa Lourenço Cerqueira
Rúbia Ferreira do Nascimento
Lista de espera
Amanda Ribeiro Solano Regis


Caros alunos,

Os selecionados deverão efetuar o pagamento da taxa de inscrição de R$150,00 (cento e cinquenta reais) em forma de depósito na seguinte conta:Associação Cultural Casa de Música de Ouro Branco, Banco Santander 033, Agência 3824, Conta corrente 13000115-6. Após o depósito, o aluno deverá enviar o comprovante de depósito escaneado para endereço eletrônico:casademusicaob@gmail.com. É importantíssimo que, no comprovante, o aluno escreva seu nome e o instrumento para que seja possível identificar a quem se refere cada depósito;

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia29 de setembro de 2014, garantindo ao indivíduo sua vaga e presença como participante da 10ª Semana da Música de Ouro Branco;

Em hipótese alguma será feita devolução da taxa de inscrição;

Os alunos selecionados que não pagarem a taxa de inscrição até o dia 29 de setembro serão eliminados automaticamente e sua vaga será cedida ao suplente na ordem de classificação. Nesses casos, os suplentes serão convocados pela equipe da Semana da Música e terão o prazo até o dia03 de outubropara efetivar a sua inscrição.

Fique atento aos próximos informativos.

Até breve,

Casa de Música

Concerto de canto e piano

Publicado
09 de Set
2014

Concerto de canto e piano é parte da programação de setembro da Casa de Música de Ouro Branco

Apresentação no dia 18 tem no repertório peças de F. Schubert, F. Mompou, E. W.  Korngold, H. VillaLobos, R. Gnatalli, M. Nobre, dentre outros.

A entrada é gratuita.

A série Concertos para Ouro Branco, promovida pela Casa de Música, procura diversificar a programação a cada mês. Por isso, em setembro, o programa apresenta um concerto de canto e piano. No dia 18 (quinta-feira), às 20h, no auditório do Hotel Verdes Mares, o público terá a chance de assistir ao recital de Valquíria Gomes (soprano), Thiago Roussin (baixo barítono) e

Hélcio Vaz  (piano).

O repertório traz peças de F. Schubert, F. Mompou, E. W.  Korngold, H. VillaLobos, R. Gnatalli, M. Nobre, dentre outros. Pode-se dizer que a relação entre o erudito e o popular permeia a obra de alguns deles.O austríaco Schubert foi um dos pioneiro do gênero"lied", canção em alemão. O estilo que ele desenvolveu influenciou não só a geração posterior de compositores, mas também a concepção de canção popular no século XX. No Brasil, Villa Lobos, Gnatalli e Nobre são três ícones da música erudita conhecidos por usar ritmos populares e regionais como material de base para composição.

A entrada para o concerto é gratuita.

A Casa de Música conta com patrocínio da Gerdau, Milplan e White Martins através das Leis Estadual e Federal de Incentivo à Cultura.

Os músicos

Thiago Roussin – baixo- barítono

Baixo-barítono, é bacharel em canto pela Escola de Música da UEMG, formando-se na classe da professora Marisa Simões. Atuou como solista em obras como, o moteto “Jesu Meine freude” de D. Buxtehude, as Cantatas 32, 82, 131, 156, 211 e 212 de J. S. Bach, “Réquiem” de W. A. Mozart, Credo de M. Julião de Silva Ramos, gravando-o no 8o Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga de Juiz de Fora, “Via Crucis” de F. Liszt e das óperas “La Descente d’Orfheé aux Enfers” de Marc-Antoine Charpentier e “Cosí fan Tutte” de W. A. Mozart, dentre outras.Foi vencedor dos concursos “Segunda Musical” da Assembleia Legislativa de Minas Gerais e BDMG Cultural, ambos em 2006, Jovens Solistas da 4o Semana da Música de Ouro Branco em 2007, I Concurso para Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais na Categoria Canto em 2010 e semifinalista no 8o Concurso Internacional de Canto Bidu Sayão no ano de 2008.

Como cantor do Coral Lírico de Minas Gerais já participou das óperas “Aida”, “Macbeth”, “La Traviata”, “Nabucco” e Un Ballo in Maschera” de G. Verdi, “Il Guarany” de Carlos Gomes, “Turandot” “La Bohème” e “Tosca” de G. Puccini, “Les Pêcheurs de Perles” de G. Bizet, “Andrea Chénier” de U. Giordano e várias obras sinfônico corais e corais como a “9o Sinfonia” de L. van Beethoven e “Carmina Burana” de C. Orff. Em maio de 2011, juntamente com o Coro e Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo apresentou o “Réquiem” de G. Verdi na Sala São Paulo.Como professor de técnica vocal, atuou junto ao Coral Vozes da Serra na Casa de Música de Ouro Branco de 2005 a 2007 e no ano de 2012, na Escola de Música de São Brás do Suaçuí. Desde 2004 está á frente do Coro Palestrina de Itatiauiçu como professor e condutor.Em 2013, foi assistente de direção na ópera “Dido and Aeneas” de H.Purcell, obra produzida pela Escola de Música da UFMG.

Valquíria Gomes - soprano

Natural de Brasília (DF) começou a estudar canto lírico em 2007 no Centro de Formação Artística do Palácio das Artes. Desde então, já participou de masterclass com Marília Vargas, Rodrigo del Pozo, Jason Stearns, Dominique Visse, Maria Cristina Kiehr, Adriana Fernandez e Kalinka Damiani. Cantou sobre a batuta de diversos maestros como Márcio Miranda, Vivian Assis, Roberto Duarte, Roberto Tibiriçá, Abel Rocha, Lincoln Andrade, Marcelo Ramos e Gabriel Rhein-Schirato. Em 2008, foi selecionada para participar da ópera Aida de G. Verdi junto ao Coral Lírico de Minas Gerais. Em 2012 e 2013 participou de duas edições da Oficina de Música de Curitiba no curso de Ópera Estúdio, onde fez parte do elenco da ópera “A Flauta Mágica” de W. A. Mozart como Pamina e da ópera “Gianni Schicchi” de G. Puccini no papel de Lauretta. Em 2012, foi selecionada a participar como bolsista no Festival Internacional de Campos do Jordão onde recebeu aulas da soprano alemã Sussane Bernhard. Neste mesmo ano foi solista na ópera Apollo et Hyacinthus de W.A. Mozart realizada pela UFMG, no papel de Melia. Junto ao quarteto Vocal Libertas foi classificada no maior concurso de música de câmara do Brasil, o programa Pré Estréia da TV Cultura em 2012, e em 2013 da nova edição do mesmo programa atualmente intitulado Prelúdio. Desde de dezembro de 2012 faz parte do Coral Lírico de Minas Gerais onde apresentou repertório extenso que inclui concertos e óperas de G. Fauré, G. Verdi, Christopher Parker, J. S. Bach, Duke Ellington, L. Beethoven. Apresentou em 2013 a Missa da Coroação de W. A. Mozart como soprano solista no XV Congresso Nacional de Meninos Cantores do Brasil. Em março de 2013 fez parte do JSB Ensemble, grupo formado por jovens cantores e instrumentistas selecionados mundialmente para apresentarem repertórios específicos de J. S. Bach regidos pelo internacionalmente reconhecido especialista do compositor: Helmuth Rilling. Em 2013, a obra escolhida foi a Paixão Segundo São Mateus apresentada em Stuttgart na Alemanha com turnê pelo Chile.

Casa de Música de Ouro Branco

A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos.

Mais informações: www.casademusica.org

SERVIÇO

Série Concertos para Ouro Branco

Concerto de canto e piano

18 de setembro de 2014 (quinta-feira)

Local: Auditório do Hotel Verdes Mares (rua Santo Antônio, 115, Ouro Branco)

Horário: 20h

Entrada gratuita

Programa

Peças de F. Schubert, F. Mompou, E. W.  Korngold H. VillaLobos, R. Gnatalli, M. Nobre, entre outros.

10ª Semana da Música de Ouro Branco

Publicado
01 de Set
2014

10ª Semana da Música de Ouro Branco

A música, mais do que as outras formas de arte, nos une em nossa natureza humana comum: nos deleita e estimula, nos alivia e conforta.

Construímos nossa linguagem musical, seja ela sofisticada ou sutil, desde pequenos. Os toques dos sinos das igrejas, o barulho da chuva nos telhados, os cânticos religiosos, as cantigas de roda, o choro de um bebê: tudo isso é matéria-prima sonora que nos liga aos mais nobres sentimentos.

Mas a música é mais que emoção. Pode se tornar progresso, aprendizado, profissão! Há dez anos, a Semana da Música prova que uma cidade do interior do Brasil pode, sim, ser referência no ensino musical. A essência do nosso trabalho é a formação de jovens músicos, mas nunca de uma forma arbitrária. Aqui quem manda é a música erudita, que cativa, que renova a alma, que abre as portas do mundo.

A Casa de Música propôs que fosse assim e vocês, público, alunos e professores, aceitaram. Concertos, aulas, palestras, recitais, tudo é vivido com tamanha intensidade que no final estamos transformados. Desde a primeira Semana da Música, optamos por uma programação ambiciosa, variada e de alto nível. Sabíamos que não seria fácil trazer para uma cidade pequena nomes que se apresentam nas salas de concerto mais conceituadas do mundo. Por outro lado, nunca concordamos em querer menos. Ouro Branco merece o melhor e quem nos visita também.

Mas essa opção pelo primoroso, pela qualidade, significa trabalho dobrado e muita luta. Não temos nenhum problema em aceitar desafios e realizar sonhos driblando dificuldades se tornou nossa especialidade. Porém, o momento atual é bastante delicado, já que a diminuição de recursos, infelizmente, é uma realidade que nos atinge.

Ainda assim, os acordes não podem parar e vamos realizar a Semana da Música de 2014 com a mesma vontade dos anos anteriores. Já podemos adiantar algumas novidades. É com toda honra que anunciamos Mathias de Oliveira Pinto, um dos violoncelistas brasileiros mais conceituados internacionalmente, como diretor artístico do festival.

Também estão confirmadas as presenças de virtuoses como Theodora Geraets (violino), Renato Bandel (viola), Volkan Orhon (contrabaixo), maestro Charles Roussin, entre outros.

Se inscreva, ouça, participe, sinta: deixe a música te tocar em Ouro Branco.

Quinteto de Sopros da Filarmônica de Minas Gerais

Publicado
01 de Ago
2014

Quinteto de Sopros da Filarmônica de

Minas Gerais se apresenta em Ouro Branco

Concerto promovido em agosto pela Casa de Música tem repertório com obras de Haydn, Ibert, Zequinha de Abreu e outros. A entrada é gratuita.

A Casa de Música dá continuidade à série Concertos para Ouro Branco, que tem como uma das propostas trazer para o interior de Minas grupos de destaque no cenário nacional e internacional da música erudita.  No dia 21 de agosto (quinta-feira),  às 20h, a cidade recebe o Quinteto de Sopros da Filarmônica de Minas Gerais, uma das mais importantes orquestras do país. 

O quinteto é formado pelos músicos Cássia Lima (flauta), Alexandre Barros (oboé), Marcus Julius Lander (clarinete), Catherine Carigan (fagote) e Alma Maria Liebrecht (trompa).

O concerto será realizado no auditório do Hotel Verdes Mares e tem um repertório diversificado.  A abertura será com Divertimento em Si bemol Maior,

“Charlote St. Antoni”, do austríacoFranz Joseph Haydn, uma das figuras mais importantes no desenvolvimento do estilo clássico na música, durante o século XVIII.

 

Em seguida, o quinteto executa uma peça mais contemporânea, Cinco Danças Antigas Húngaras, de Ferenc Farkas, falecido no ano de 2000. O compositor trabalhou como professor na Academia de Budapeste e teve sua produção orquestral fortemente influenciada por Stravinsky. A obra  escolhida pelo quinteto é baseada no folclore húngaro.

A próxima obra é Trois Pièces Brèves, do francês Jacques Ibert. Ele compôs diversas peças para o cinema (como a música incidental de Macbeth, de Orson Welles, 1948), músicas para teatro, bailado e ópera. Ibert foi exímio representante da tradição da arte francesa, com humor e elegância.

A parte final do concerto destaca a música brasileira e suas raízes. O quinteto de sopros toca Flor Amorosa, de Joaquim Antônio da Silva Callado, considerado por muitos “o pai do choro”.  O encerramento fica por conta da música que tornou Carmem Miranda conhecida internacionalmente nos anos 1940 e que até hoje é sucesso nos mais diversos ambientes: Tico-tico no Fubá, de Zequinha de Abreu.

As entradas para o concerto é gratuita.

A Casa de Música conta com patrocínio da Gerdau, Milplan e White Martins através das Leis Estadual e Federal de Incentivo à Cultura.

Os músicos

Cássia Lima - Flauta

Bacharel em flauta pela UNESP, concluiu Mestrado e Artist Diploma na Mannes College of Music, em Nova York. Vencedora do “II Concurso Nacional de Jovens Flautistas e de Jovens Solistas” da Orquestra Experimental de Repertório em Nova York, do “Mannes Concert Competition” e o “Gregory Awards”. Foi docente da Universidade de Minnesota e flautista da Minnesota Orquestra regida por Charles Dutoit. Foi a Primeira Flaita e Solista da OSESP, integrando-se a Filarmônica de Minas em 2009 como chefe de naipe.

Alexandre Barros – Oboé

Iniciou seus estudos com o pai, Joaquim Inácio Barros, e foi aluno de Afrânio Lacerda, Gustavo Napoli, Carlos Ernest Dias e Arcádio Minczuk. Foi solista a frente das Orquestras Sinfônica de Minas Gerais, da UFMG, da UFOP, do SESIMINAS, da Filarmônica Nova, Sinfônica de Ribeirão Preto e OSESP. Alexandre é chefe de naipe da Filarmônica de Minas Gerais e professor na Fundação Clóvis Salgado.

Marcus Julius Lander – Clarinete

Bacharel em clarinete pela UNESP, na classe do professor Sérgio Burgani, foi aluno de Luis Afonso “Montanha”, na USP, e de Jonathan Cohler, no conservatório de Boston.Atuou como Spalla na Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo e foi chefe de naipe na Orquestra Jovem de Guarulhos, do Instituto Baccarelli, e Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo. Integrou ainda a Orquestra Acadêmica da Cidade de São Paulo e o Quarteto Paulista de Clarinetas; representou o Brasil como artista residente do 8º Festival Internacional de Clariete e Saxofone, na China. Marcus Julius juntou-se a Filarmônica de Minas Gerais em 2009.

Catherine Carigan – Fagote

Natural do Canadá, iniciou seus estudos aos 12 anos, no Conservatoire de Musique du Québec, onde foi aluna de Michael Bettez, da Orquestre Métropolitan du Grand Montréal e do Nouvel Ensemble Moderne. Estudou com Nadina Mackie-Jackson na Glen Gould School of The Royal Academy of Music, Toronto, concluindo bacharelado no Consevatoire de Musique du Quèbec, sob instrução de Mathieu Harel, da Orquestre Symphony de Montrèal. Atuou como musicista substituta em várias orquestra do Canadá e foi segunda fagotista da Victoria Symphony Orquestre, tornando-se chefe de naipe na Filarmônica de Minas Gerais em 2008.

Alma Maria Liebrecht – Trompa

Nasceu em Maryland, Estados Unidos, estudou violino quando criança e, aos 12 anos, escolheu a trompa, recebendo orientação de Olivia Gutoff. Formou-se no Instituto Curtis de Música, com Jérome Ashby, e na Universidade de Yale, com William Purvis. Ajudou a fundar o grupo de câmara The Deconda e o quarteto de sopros DZ4. Em Nova York, apresentou-se com a Orquestra de Câmara Orpheus, as Sinfônicas de Princeton e Delaware, Talea Ensemble Argento New Music Project, Jupter Chamber Players e Sebastian Chamber Players. Na Sinfonietta de Hong Kong, foi trompa principal convidada. Alma é chefe de naipe da Filarmônica de Minas Gerais desde 2013.

Casa de Música de Ouro Branco

A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos.

Mais informações: www.casademusica.org

SERVIÇO

Série Concertos para Ouro Branco

Quinteto de Sopros da Filarmônica de Minas Gerais

21 de agosto de 2014 (quinta-feira)

Local: Auditório do Hotel Verdes Mares (rua Santo Antônio, 115, Ouro Branco)

Horário: 20h

Entrada gratuita

Programa

Franz Joseph HAYDN  Divertimento em Si bemol Maior

“Charlote St. Antoni”

  Arranjo Harold Perry

  I – Allegro com spirito

  II – Andante quase allegreto – Chorale St.Antoni

III – Menuetto

IV – Rondó – allegreto

Ferenc FARKAS  Cinco Danças Antigas Hungaras

  I – Entrada: Allegro Moderato

  II – Lento: Moderato maestoso

  III – Dansa della scapole: Allegro quase Scherzo

  IV – Chorea: Moderato

  V – Saltarello: Allegro

Jacques IBERT  Trois Pièces Brèves

  I – Allegro

  II – Andante

  III – Allegro

J. A. S. CALLADO  Flor Amorosa

  Arranjo William Martins de Barros

Zequinha ABREU  Tico-tico no Fubá

Resultado Processo de Seleção 2º Semestre

Publicado
18 de Jul
2014

Resultado do processo de seleção 2º semestre


Alunos aprovados no teste de violão

Leidiane Vilaça de Jesus

Augusto Cesar Lobo Filho

Tamires Valentin da Silva Garcia

Matheus Souza e Matos de Sales Guilherme

Nereu Eduardo Dias Vieira

João Luiz Scramin Ramos

Alunos aprovados na Clarineta

Lívia Maria Liberato

Walter Pereira Neto

Alunos Aprovados na Musicalização

Pioneiros 

Ana Carolina Tavares de Aguiar Rodrigues

Ana Clara Nogueira Chaves

Daniel Figueiredo de Almeida Castilho Soares

Luzia Augusta

Maria Eduarda Gonçalves da Silva

Luiz Flavio Nogueira Xisto

Enny Talita da Silva Maia

Marya Luisa Vieira Costa

Alunos aprovados no Violoncelo

André Diniz

Athalyce de Oliveira Maciel

Marina Monteiro

Os pais dos alunos selecionados, deverão comparecer na casa de música com os documentos do aluno(a) necessários para a matrícula: foto 3x4, xerox comprovante de residência, xerox da identidade ou certidão de nascimento e a taxa da matrícula.



Casa de Música de Ouro Branco abre vagas para novos alunos

Publicado
18 de Jun
2014

Casa de Música de Ouro Branco abre vagas para novos alunos

Jovens, com idade entre 7 e 17 anos,interessados em aprender música podem se inscrever gratuitamente de 07 a 11 de julho de 2014

A Casa de Música de Ouro Branco já prepara o calendário de atividades do segundo semestre. Como parte da programação, acaba de abrir inscrições para alunos novatos.

De 07 a 11 de julho, jovens, com idade entre 7 e 17 anos, interessados em participar do projeto podem se inscrever pelo email casademusicaob@gmail.com, nas sedes da instituição (bairros Pioneiros e Luzia Augusta) ou ainda pelo telefone (31) 3742-3553.

Os inscritos vão participar de um processo seletivo de 14 a 16 de julho. Há vagas para os cursos de violoncelo, violão, clarineta e musicalização infantil. As vagas para cada instrumento é condicionada a idade do candidato. O resultado será divulgado dia 17 de julho e a matrícula deve ser realizado no dia 18 de julho.

O início das aulas será dia 21 de julho.

A Casa de Música fica aberta das 14h às 18, de segunda a sexta-feira. As inscrições feitas por email devem conter os seguintes dados: nome completo, idade, turno na escola, telefone, nome do responsável e instrumento escolhido.

Endereços da Casa de Música de Ouro Branco:

1)  Av. Augusto Barbosa da Silva, 313, bairro Pioneiros

2)  Rua Bahia, 514 – Bairro Luzia Augusta

Mais informações no site www.casademusica.org

Casa de Música de Ouro Branco

A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos.

A Casa de Música é patrocinada pela GERDAU, MILPLAN E WHITE MARTINS através das Leis Estadual e Federal de Incentivo à Cultura e conta com o apoio do IEPTB-MG.

Resultado 2º Semestre

Publicado
13 de Jun
2014


   É só clicar no link e aparecerá as notas.                      

                             Resultado do semestre2014r.pdf 


Página 13 de 18