Circuito Cultural

Publicado
05 de Jun
2014

Orquestra de Câmara de Ouro Branco realiza dois concertos 15 de junho, um deles em Belo Horizonte

Grupo se apresenta dia 15, com entrada gratuita, na Fundação de Educação Artística (Belo Horizonte) e na matriz de Santo Antônio (Ouro Branco)

A Orquestra de Câmara de Ouro Branco dá continuidade à série de concertos que realiza por Minas Gerais no Circuito Cultural 2014. Dia 15 de junho, domingo, o grupo se apresenta duas vezes: a primeira em Belo Horizonte, na Fundação de Educação Artística, às 11h; e a outra em Ouro Branco, na matriz de Santo Antônio, às 20h30.

Com regência de Charles Roussin, Orquestra de Câmara de Ouro Branco escolheu um repertório diversificado e tem como spalla Márcio Martins.

O concerto inicia com Brook Green Suite, do inglês Gustav Holst.  O compositor, arranjador e professor é autor de obras de diversos gêneros. Seu maior sucesso é a suíte The Planets. O estilo de Holst é resultado de influências variadas, como o folk inglês.

Em seguida, o grupo executa Divertimento K 136,  de Wolfgan Amadeus Mozart. Essa peça é a primeira de um grupo de trabalhos conhecidos como sinfonias “Salzburg”, que se destacam das outras do gênio austríaco por serem apenas para cordas.

A orquestra incluiu no repertório Adágio para Cordas e Serenata para Cordas, do compositor, pianista, organista e regente brasileiro Alberto Nepomuceno. Do maestro Cláudio Santoro a orquestra toca o Mini Concerto para Cordas.

O encerramento será em grande estilo, com Sinfonietta Terza “Ouro Branco”, composta por Ernani Aguiar especialmente para a Orquestra de Câmara de Ouro Branco.

As entradas para os dois concertos são gratuitas.

A Casa de Música conta com patrocínio da Gerdau, Milplan e White Martins através das Leis Estadual e Federal de Incentivo à Cultura.

Orquestra de Câmara de Ouro Branco

Criada em 2001, a Orquestra de Câmara de Ouro Branco é formada por cerca de 20 alunos das oficinas de instrumentos da Casa de Música de Ouro Branco. Desde então, vem realizando diversos concertos em Ouro Branco e nas cidades da Estrada Real, dentro do Projeto Circuito Cultural, com o patrocínio da Gerdau, por meio das Leis Federal e Estadual de Incentivo à Cultura.

Um dos objetivos da Orquestra jovem é valorizar e incentivar a composição contemporânea de música erudita. Em 2005, a Orquestra estreou as primeiras obras comissionadas, escritas pelos compositores Calimério Soares, Carlos Alberto Pinto Fonseca, Ernani Aguiar, Ronaldo Cadeu e Oiliam Lanna. Em 2007, outras três obras foram estreadas. As obras foram compostas por Rufo Herrera, Avelar Jr. e Nelson Salomé. A Orquestra de Câmara de Ouro Branco tem como regente titular o Maestro Charles Roussin.

Casa de Música de Ouro Branco

A Casa de Música é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve ações na área de ensino e divulgação da música erudita. Criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos, a entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos.

Mais informações: www.casademusica.org

SERVIÇO

Concertos da Orquestra de Câmara de Ouro Branco

15 de junho – domingo

Horário: 11h

Local: Fundação de Educação Artística de Belo Horizonte (rua Gonçalves Dias, nº320, bairro Funcionários, Belo Horizonte)

Horário: 20h30

Local:Igreja Matriz de Santo Antônio (praça Santa Cruz s/n, Centro, Ouro Branco)

Entrada gratuita

PROGRAMA

Gustav HOLST  Brook Green Suite

  I – Prelude

  II – Air

    III – Dance

Wolfgang Amadeus MOZART  Divertimento K 136

  I – Allegro

  II – Andante

  III - Presto

Alberto NEPOMUCENO  Adágio para Cordas

  Serenata para Cordas

Claudio SANTORO      Mini Concerto para Cordas

  I – Allegro moderato

  II – Andante

  III – Finale: Allegro

Ernani AGUIAR  SinfoniettaTerza “Ouro Branco”

  I – Allegromanomtroppo

  II – Lento “à brasileira”

  III – Allegro com giubilo